Amanda Ahola: A mulher que quase morreu para virar boneca

 

8t7sqgg1ca_7987fx63yq_file

Amanda Ahola é de Jyväskylä, na Finlândia, e tudo que ela sempre quis na vida era virar uma boneca igual a Barbie.

Para isso, ela gastou os tubos: só para aumentar os seios (coisa que ela fez três vezes), Ahola gastou quase R$ 65.000. Ela ainda gastou mais R$ 17,25 mil em plásticas no nariz, injeções de botox e preenchimento labial. Ela tem 21 anos agora e, aos 18, começou a saga do crescimento dos seios — que parece não ter fim.

Em entrevista recente, Ahola declarou que o céu é o limite para ela. Não importa o quanto ela fique grande, maior, para Ahola, é sempre melhor. Segundo ela, a intenção é ficar tão parecida com plástico quanto ela conseguir.

5ot691alhs_97ddeoc4d4_file

A última operação que ela fez para aumentar o tamanho dos seios foi a mais difícil porque, durante o procedimento, ela quase morreu.

Nina, a mãe de Amanda, diz que quase teve um treco quando recebeu a “segunda pior ligação que uma mãe pode receber”, quando o hospital entrou em contato com ela e disse que sua filha estava correndo risco de morte.

Para Nina, a pior ligação mesmo é aquela que diz que já era, a filha morreu. Mas não foi isso que aconteceu.

qsp4e15hw_2u3jr20vwc_file

Amanda pretende continuar os procedimentos estéticos, o próximo será no bumbum que, segundo ela, está muito ‘caidinho’.

Veja mais fotos de Amanda

Este slideshow necessita de JavaScript.

Fonte: R7

Comments

comments

lysao

Publicitário, 25 anos.

O que achou?