Vídeo: Paciente acusa vigilante da UPA de agredí-la no rosto

 

Uma paciente ficou machucada após ser atingida no rosto, na tarde desta segunda-feira (22/1), na Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) de Ceilândia. Em um vídeo gravado por cidadãos que estavam no local e presenciaram a ação, é possível ver o sangue escorrendo pela cabeça da mulher. Um vigilante foi responsável pelo ferimento.

Segundo nota da Secretaria de Saúde do Distrito Federal, a paciente e o acompanhante exaltaram-se após serem informados de que ela deveria aguardar o atendimento porque os casos graves eram prioridade. Naquele momento, vários pacientes nessa situação deram entrada na unidade, justificou a gerência da UPA.

capinha 222

Eles chutaram cadeiras e portas, e, por isso, o profissional de segurança foi até a recepção e pediu calma, contou a pasta. “Então, ele tentou contê-los, foi agredido e, ao se defender, acabou acertando o rosto da paciente”, detalhou.

Um boletim de ocorrência foi registrado. Na delegacia, compareceram o vigilante e um supervisor da empresa terceirizada. A Secretaria de Saúde afirmou que a conduta do vigia será avaliada.

 

 

Allyson Souza

Publicitário, 25 anos.

O que achou?

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.