Famosos que tiveram fotos íntimas vazadas na internet

Recentemente, a atriz Paolla Oliveira viveu esse drama durante a gravação de uma cena. Até que ponto casos como esse são considerados crimes? Veja agora outras celebridades que vivenciaram o problema e as punições previstas na legislação brasileira.

 

caua-reymond-05032018115616142

 

No início de 2018, o ator Cauã Reymond foi flagrado nu enquanto estava meditando em sua própria casa. Os registros teriam sido feitos com um drone e acabaram vazando na internet. O ator não gostou de se ver exposto e prometeu acionar o fotógrafo judicialmente.

carolina-dieckmann-05032018135755966

Em 2006, a atriz Carolina Dieckmann processou e ganhou uma ação contra um programa de televisão. Na época, ela alegou que teve a vida particular e a tranquilidade violadas quando a equipe foi ao condomínio em que morava com guindaste e megafone. A atriz ganhou R$ 35 mil por danos morais.

Em maio de 2012, Carolina Dieckmann teve seu computador furtado e fotos íntimas vazadas na web. Em dezembro daquele mesmo ano, foi sancionada uma lei com o nome da atriz, que promoveu alterações no Código Penal Brasileiro e tipificou delitos ou crimes informáticos.

gisele-bundchen-05032018115615874

A uber model Gisele Bündchen também teve a privacidade invadida durante um momento íntimo em sua casa. O autor das imagens poderá sofrer consequências mais sérias diante da lei americana, já que as indenizações são infinitamente maiores do que as previstas na lei brasileira.

paolla-oliveira-05032018115616229

Paolla Oliveira é uma das celebridades mais badaladas do momento e chama a atenção por onde passa. Sabendo disso, alguém próximo da atriz se aproveitou e tirou fotos no momento em que ela estava trocando de roupa durante a filmagem em uma produtora.

Após a divulgação das imagens na web, a atriz fez um desabafo sobre invasão de privacidade e chamou de criminoso a pessoa que fez as imagens clandestinas.

advogado-fala-sobre-invasao-de-privacidade-05032018115615981

Segundo o advogado Marcio Cots, do ponto de vista jurídico podem ser responsabilizados tanto quem faz as fotos, quanto quem as compartilha. “As pessoas que divulgam essas fotos íntimas podem estar praticando crime de difamação”, explica.

Fonte: R7

Comments

comments

lysao

Publicitário, 25 anos.