Turbina explode e Piloto que pousa avião se torna heroína nos EUA

Passageiros elogiaram os “nervos de aço” da piloto da Southwest Airlines que conseguiu fazer um pouso de emergência no Aeroporto Internacional da Filadélfia, na Pensilvânia, na terça-feira (17) depois que o avião sofreu uma explosão em um dos motores e teve uma das janelas quebrada por estilhaços da fuselagem.

c7a0ead463ff67725fa48c69d9389048f8eebcb9

O voo 1380 estava a caminho de Dallas, no Texas, com 149 pessoas a bordo, quando o motor explodiu e estilhaços quebraram a janela. Com isso, a passageira Jennifer Riordan, de 43 anos, teve parte do corpo sugada para fora da aeronave. Sete pessoas ficaram feridas no acidente.

Tammie Jo Shults, de 56 anos, manteve a calma e, para os passageiros, conseguiu evitar uma tragédia maior.

A piloto conseguiu fazer o pouso de emergência ao descer rapidamente, enquanto passageiros usavam as máscaras de oxigênio que caiam dos compartimentos acima de seus assentos e se preparavam para o impacto.

Leia na íntegra a conversa entre a torre de controle e a piloto:

“Southwest 1380, temos uma só turbina. Perdemos parte da aeronave, de modo que precisaremos desacelerar um pouco”, diz Shuts com voz calma ao operador da torre de controle da Filadélfia, pouco antes da aterrissagem.

“Os médicos podem nos esperar na pista também? Temos passageiros feridos”, acrescenta.

“O avião está fisicamente em chamas?”, pergunta o operador. “Não, não está em chamas, mas está faltando uma parte”, responde Shults com voz calma. “Disseram que há um buraco e alguém saiu”.

“Desculpe, você disse que tinha um buraco e alguém saiu?”, perguntou o controlador em tom de incredulidade.

“Sim”, respondeu a piloto, ainda mantendo o controle emocional.